Arquivo para julho \29\-02:00 2009

29
jul
09

tecnologia:Microsoft e Yahoo anunciam parceria em buscas na web

A Microsoft e o Yahoo anunciaram nesta quarta-feira (29) um acordo para concorrer com o Google em pesquisas na internet, prevendo associar a tecnologia Microsoft à força de venda publicitária do Yahoo.

“Como esse acordo, vamos inovar nas buscas, gerar mais valor para os anunciantes e alternativas para o usuário em um mercado dominado por uma única companhia”, disse o diretor-executivo da Microsoft, Steve Ballmer, referindo-se à concorrência com o Google.

O acordo prevê que os sites de busca do Yahoo vão utilizar a ferramenta de busca Bing, da Microsoft. O Yahoo, por sua vez, vai administrar as vendas em publicidade on-line. O comunicado oficial afirma que a parceria não vai afetar outros serviços das empresas, como e-mail, comunicadores instantâneos e produtos.

Apostando no Bing

A parceria que deve ser iniciada em 2010, será válida por 10 anos, com implementação total prevista para um prazo de dois anos após aprovação dos órgãos responsáveis. As empresas também afirmam que o acordo vai limitar ao “mínimo necessário” o compartilhamento de dados de usuários, em nome da privacidade.

Com esse acordo, o buscador Bing, da Microsoft, pode ter um crescimento repentino no mercado dominado pelo Google. A gigante da internet é responsável por 65% das buscas realizadas na internet nos Estados Unidos, contra 19,6% do Yahoo e 8,4% da Microsoft, segundo a ComScore.

O Yahoo calcula que pode aumentar seu volume de negócio anual em US$ 500 milhões e economizar cerca de US$ 200 milhões em custos.

Em 2008, a Microsoft tentou comprar o Yahoo, mas sua oferta de US$ 47,5 bilhões foi recusada. Na sequência, o líder de buscas na internet, Google, também tentou fechar negócios com o Yahoo, mas o acordo não foi aprovado por órgãos reguladores.

Fonte: Reuters e France Presse

28
jul
09

tecnologia:o fênomeno xing ling

Do iPhone ao pen drive, a China copia tudo e domina a fabricação de gadgets do mundo.

Segunda-feira, dez e quinze da noite. Enquanto espera um amigo, você saca a antena de TV do seu iPhone de 16 GB para ver o programa CQC. O amigo chega, mas você não precisa perder a piada no meio. É só acionar a função de gravação do smartphone e assistir depois. Ops, tem algo estranho nesse iPhone que grava vídeos e exibe TV aberta.

Bem-vindo à era do shanzhai. A cópia chinesa, o HiPhone, tem recursos que ainda são uma miragem no original da Apple — pela pechincha de 250 reais. A interface tosca, a tela multitoque xing ling e os 16 GB que na verdade são apenas 1 GB logo entregam a imitação. “Tudo na China é falsificado e essa duplicação de produtos não é apenas um incidente. É algo profundamente ligado à cultura do país.”

Com esse argumento, um artigo produzido dentro da Universidade de Pequim pelo acadêmico Wang Hongzhe (no melhor estilo xing ling, ele assinou com o pseudônimo de Steven Zuckerberg, um professor americano), acirrou a discussão.

Como o país que produz quase todo o hardware dos aparelhos mais badalados do mundo, entre eles o próprio iPhone, pode ser também o cérebro por trás do HiPhone e companhia ilimitada? A resposta é dada em chinês: shanzhai. O termo, que literalmente significa fortaleza na montanha, serve de grife para as precárias fabriquetas espalhadas pelo delta do Rio das Pérolas, no sudeste da China. Elas produzem em grande escala todo tipo de produtos, quase sempre com preços baixíssimos e controle de qualidade nulo.

Fonte: Juliano Barreto, da INFO

Confira a matéria na íntegra: INFO Online

24
jul
09

pessoal:família no cinema

Diego, Arthur e Christian - Cinemark - "A Era do Gelo 3D" on Twitpic

Diego (irmão), Arthur (sobrinho) e Christian (eu mesmo) – Cinemark – “A Era do Gelo 3D”

22
jul
09

tecnologia: adobe anuncia dois projetos open source

A Adobe anunciou na última terça-feira duas iniciativas open source para auxiliar empresas de mídia a construir aplicações mais ricas em Flash.

O primeiro projeto, chamado Open Source Media Framework (OSMAF), permite que designs criem media players mais sofisticados. O segundo, Text Layout Framework (TLF) ajuda desenvolvedores a adicionar tipografias e fontes mais avançadas aos seus aplicativos em Flash. Ambos estão disponíveis como aplicativos opens source gratuitos.

OSMF é a parte open source do antigo projeto da Adobe conhecido como Strobe, uma framework para media players em Flash. Ao utilizar o OSMF, desenvolvedores podem criar players em Flash com playback e controles de navegação avançados, além de plug-ins para anúncios e monitoramento. O projeto trabalha com qualquer conteúdo em Flash, incluindo vídeo, áudio e imagens.

Já o TLF permite que os desenvolvedores adicionem layouts tipográficos mais suaves e de maior qualidade, além de efeitos para apresentações em Flash. Junto com a nova engine de texto do Flash Player 10, esse projeto oferece suporte para textos verticais e bidirecionais,  “escorrendo” textos ao redor de imagens e através de colunas em múltiplas linguagens.

A iniciativa faz parte da estratégia da Abobe de oferecer ferramentas de programação em Flash mais robustas. Pela primeira vez, a Adobe enfrenta, de fato, uma competição para o Flash com tecnologias web, com destaque para o Silverlight.

Fonte: Webware

21
jul
09

pessoal:20 de julho – dia do amigo

Não podia deixar de postar sobre esta data tão significativa na vida de cada pessoa. Sei que estou atrasado, pois o dia correto é 20 de julho, mas ontem eu estava “entrevado” e não consegui registrar no blog.

Como já dizia Milton Nascimento: “Amigo é coisa pra se guardar, a sete chaves, no lado esquerdo do peito…”

Um feliz Dia do Amigo para todos os meus queridos amigos do coração que fazem esta vida valer à pena!

16
jul
09

pessoal: Principais conclusões dos modelos climáticos podem estar erradas

Ninguém sabe exatamente quanto a temperatura da Terra irá se elevar devido às emissões de carbono. Todas as conclusões do IPCC sobre o clima futuro e o aquecimento global utilizam o termo provável de acontecer (likely).

Mas agora, um novo estudo, publicado na Nature Geoscience, afirma que as melhores previsões feitas pelos cientistas sobre o aquecimento estão provavelmente incorretas.

Erro na conexão entre temperatura e carbono

Segundo a equipe da Universidade Rice, nos Estados Unidos, os modelos climáticos utilizados atualmente explicam apenas metade do aquecimento que ocorreu durante um período bem documentado de rápido aquecimento global no passado remoto da Terra. O estudo contém uma análise de registros publicados de um período de aquecimento rápido ocorrido há 55 milhões de anos, conhecido como máximo termal do Paleoceno-Eoceno (PETM – Palaeocene-Eocene Thermal Maximum).

“De forma resumida, os modelos teóricos não conseguem explicar o que nós observamos nos registros geológicos,” disse o oceanógrafo Gerald Dickens, coordenador da pesquisa. “Parece haver algo fundamentalmente errado com a forma como a temperatura e o carbono estão conectados nos modelos climáticos.”

Leia a matéria na íntegra: Inovação Tecnológica

16
jul
09

games: star wars galaxies

Eu sei, eu sei… não é nenhuma novidade este jogo. Porém, estou jogando e avaliando o Star Wars Galaxies agora e posso dizer que é muito interessante e divertido.

Em primeiro lugar, é um jogo do Star Wars e, só por isso, já tem destaque. Mas o jogo realmente surpreende por suas peculiaridades. Você pode optar por ser Jedi, Bountyhunter, Stormtrooper, Smugler e mais… Há a possibilidade de você jogar com o personagem em um planeta ou com sua nave no espaço.

A dinâmica do jogo é muito boa, porém pode tornar-se massante se você não for objetivo em suas ações como player.

No geral, o jogo é nota 10 e pode te entreter por várias horas.

16
jul
09

pessoal: Storm Thorgerson – designer gráfico das capas do Pink Floyd

Storm Thorgerson é um designer gráfico inglês, membro de um importante grupo de artes gráficas chamado Hipgnosis. Na década de 70, Storm foi responsável por muitas capas de discos clássicos do rock. Talvez sua mais famosa criação tenha sido a concepção da imagem do álbum “The Dark Side of the Moon”, do Pink Floyd, grupo com o qual manteve uma longa parceria, gerando uma identidade visual muito peculiar.

Nascido em Potter Bar Middlesex, em 1944. Fez Inglês e Filosofia na Leicester University e Master em Filme e TV na Royal College of Art. Seu primeiro estúdio de design foi o Hipgnosis em 1968, focado especialmente com bandas, entre elas Pink Floyd, Led Zeppelin, Genesis, 10cc, Yes, Peter Gabriel, Black Sabbath, Paul McCartney, Syd Barrett and Styx, entre outras (coisa pouca, coitado…)

Em 1983, junto com os colegas Po e Peter Christopherson, formou o estúdio Green Back Films, e passou a produzir clipes, mas logo em 1985 acabou. Storm continuou na área de por conta “por que ele tinha que”. Mesmo assim, nunca parou de fazer capas de discos. Em 1993, estreou nos documentários com o “Art of Tripping” ou A arte de viajar, explorando a conexão entre artistas e drogas. Na década seguinte, Storm realizou documentários para o Pink Floyd, sobre o telescópio Hubble (The Rubber Universe), e sobre a existência – ou não – de Aliens (Are We Alone).

Thorgerson lançou diversos livros, entre o “Mind Over Matter”, que compila suas imagens, 100 Best Album Covers, e Eye of The Storm (os primeiro e o último publicados pela Sanctuary Books – não achei aqui no Brasil), e até hoje projeta capas de álbuns e de dvds e atua com websites, camisetas, programas de televisão, e ocasionalmente dirige.


09
jul
09

pessoal:windows versus google chrome os

Essa ilustração foi feita para o Browser Google Chrome, mas se aplica a atual situação.

E, também, o vídeozinho de divulgação do browser Google Chrome abaixo:

09
jul
09

tecnologia:Acer, ASUS e HP serão parceiras do Google no Chrome OS

Anunciado na última quarta-feira, o sistema operacional do Google já possui algumas empresas parceiras para o desenvolvimento de aplicações. Entre elas estão Acer, Adobe, Asus, Freescale, Hewlett-Packard, Lenovo, Qualcomm, Texas Instruments.

Com previsão para o segundo semestre de 2010, o Chrome OS será um sistema operacional gratuito e aberto a desenvolvedores.

De acordo com Sunder Pichar e Linus Upson, da equipe de desenvolvedores, Google e empresas de tecnologia estão trabalhando em conjunto em dispositivos que facilitem o uso pelo usuário.

Da lista de fabricantes, Acer, Asus, Lenovo, HP e Toshiba já têm netbooks, o alvo inicial do Chrome OS.

Programadores com interesse em colaborar com o projeto também poderão participar. O código do Chrome OS será aberto para a comunidade open source até o final de 2009.

O anúncio do Chrome OS foi visto como um novo ataque à Microsoft, levando a disputa entre as empresas, que já está na internet, para o campo dos programas de computador.3

Fonte: ClicRBS




Arquivos

julho 2009
S T Q Q S S D
 12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
2728293031  

del.icio.us

Twitter do bacon