Arquivo para 8 de julho de 2009

08
jul
09

tecnologia:internet interplanetária ativada!

No final de 2008, a Nasa fez os primeiros testes com a Internet espacial, ou Internet Interplanetária.

Agora, os cientistas acionaram o primeiro ponto de acesso da Internet Interplanetária a bordo da Estação Espacial Internacional (ISS). O objetivo inicial é a automatização da transmissão dos dados científicos obtidos nos laboratórios da ISS para os controles em terra. Atualmente, o a comunicação é feita por algo mais parecido com um sistema de rádio do que com um protocolo da internet, como o TCP/IP.

Na Internet Interplanetária, o protocolo utilizado é o DTN (“Disruption-Tolerant Networking” – Rede Tolerante a Interrupções), no qual cada computador mantém a informação pelo tempo que for necessário, até que seja possível estabelecer a comunicação de forma segura com o próximo nó da rede. Dessa forma, há a garantia de que não ocorrerão perdas nos dados, mesmo diante de situações adversas encontradas no espaço.

Não é possível transferir a internet terrestre para o espaço porque lá em cima não se pode assumir que os computadores terão sempre uma conexão entre eles. Assim, o protocolo DTN pressupõe que os diversos nós da rede se comunicarão sempre que puderem. Quando não houver conexão, cada roteador deve segurar seus dados até ser possível fazer a transmissão.

De acordo com o site Inovação Tecnológica, a NASA espera equipar todos os laboratórios da Estação Espacial Internacional de seus próprios roteadores para que os dados científicos sejam transferidos para os respectivos controladores de cada experimento. Muitos deles ficam em laboratórios de universidades ou nos centros de controle das agências espaciais europeia, russa e japonesa.

O novo protocolo da Internet Interplanetária foi desenvolvido sob o comando de Vint Cerf, atualmente no Google, e considerado um dos pais da Internet terráquea.

Fonte: Inovação Tecnológica

08
jul
09

futebol:internacional

Já faz um tempinho que não posto sobre o meu querido time Colorado… pode ter certeza que não foi por conta da derrota para o Corinthias, pelo contrário, deixo aqui registrado os meus parabéns ao ótimo desempenho do adversário que soube dominar ambas as partidas.

Na realidade, eu não o tipo fanático por futebol, eu gosto de ver meu time jogar e, de preferência, bem. Mas não fico louco quando perde e nem fico sacaneando os outros quando ganha.

Admiro o Internacional pelo que é e o como é. Diferente de outros times que vivem da imagem, o Inter vive do futebol mesmo.

O Inter tem toda a minha torcida! Que ele consiga conquistar todos os títulos novamente, pois ele já tem todos (menos o da segunda divisão que deixamos para o Grêmio… hehehe… brincadeira).

FORÇA, GARRA E TRABALHO EM EQUIPE, INTER!

08
jul
09

tecnologia: google chrome os vem aí!!!

A gigante de softwares Google está desenvolvendo um sistema operacional para computadores pessoais, em um desafio direto ao líder de mercado, o Windows, desenvolvido pela Microsoft.

O Google Chrome OS (operating system) será voltado inicialmente para netbooks, computadores portáteis menores, mais baratos e com menos recursos que os laptops.

Máquinas equipadas com o Google Chrome OS devem estar no mercado em meados do ano que vem. A idéia é, no futuro, usar o sistema operacional também em PCs.

“Rapidez, simplicidade e segurança são os aspectos-chave do Google Chrome OS”, anunciou a empresa em seu blog oficial. Segundo a Google, o sistema operacional será uma “extensão natural” do seu navegador de internet, Chrome.

O novo sistema operacional será um software de código aberto (“open source”). Para a Microsoft, a notícia vem poucos meses antes do lançamento da nova versão do seu sistema, o Windows 7.

Volta aos princípios

Os autores do post, Sundar Pichai, vice-presidente de produtos do Google, e Linus Upson, diretor-engenheiro da empresa, disseram que o novo sistema foi desenhado “para ser rápido e leve, iniciar e levá-lo para a internet em questão de segundos”.

“Os sistemas operacionais que os usuários têm à disposição foram desenhados em uma era em que não havia a rede”, eles argumentaram, acrescentando que o Chrome OS é “nossa tentativa de repensar o conceito de sistemas operacionais”.

A pesquisa levou os programadores de volta aos princípios, afirmaram. “Estamos redesenhando completamente a arquitetura de segurança subjacente do sistema, de forma que os usuários não tenham que lidar com vírus, programas malignos e atualizações de segurança.”

Para a Google, um sistema operacional “tem simplesmente que funcionar”.

A gigante de software já possui um sistema operacional para telefones celulares, que também pode ser usado em netbooks. O Chrome OS será voltado também para laptops e computadores de mesa de usuários que passam muito tempo conectados.

Competitividade

O anúncio pode mudar dramaticamente o mercado de sistemas operacionais, especialmente o nicho da Microsoft, cuja participação nele é de cerca de 90%.

“Este é um grande anúncio”, disse um analista, Rob Enderle, presidente do grupo Enderle. “É a primeira vez que temos no mercado um sistema operacional competitivo de fato. Este tem o potencial de balançar as coisas e é a primeira tentativa real de fazer frente à Microsoft.”

O analista disse à BBC que “a Google está chegando (neste nicho) de cabeça fresca”, e que o Chrome OS “é o primeiro sistema operacional pós-internet, baseado em uma série de serviços da web, desenhado de baixo para cima e repensado para um mundo conectado”.

No ano passado, a empresa lançou seu navegador Chrome, anunciado como para “pessoas que vivem na web – procurando informações, checando emails, acompanhando as noticias, comprando ou simplesmente mantendo o contato com os amigos”.

Para Stephen Shankland, da CNET, o lançamento tem grandes implicações.

“Uma é mostrar quão séria é a proposta da Google de tornar a rede uma base não apenas para páginas estáticas, mas aplicativos ativos, especialmente os seus próprios, Google Docs e G-mail”, ele afirmou.

“Outra é iniciar uma nova competição com a Microsoft e, potencialmente, dar uma nova razão para autoridades de regulação da concorrência prestarem atenção aos passos da Google.”

Para outros analistas, as motivações da Google são bastante claras.

“Um dos principais objetivos da Google é tirar a Microsoft (do mercado), destruir sistematicamente a sua participação no mercado”, disse Enderle. “A Google quer eliminar a Microsoft e esta é uma batalha única. A estratégia é boa. A grande questão é: será que vai funcionar?”

Em um blog popular, TechCrunch, o autor de uma postagem sobre o tema, MG Siegler, disse que é preciso “ser claro sobre o que isto realmente é”.

“Isto é a Google soltando a mãe de todas as bombas sobre sua rival, a Microsoft.”

A companhia de Bill Gates deve lançar o seu Windows 7 no fim deste ano para substituir o Windows Vista e o Windows XP, que já tem oito anos. Segundo a empresa, hoje 96% dos netbooks funcionam com Windows.

Fonte: Globo.com

Mais informações: Official Google Blog




Arquivos

julho 2009
S T Q Q S S D
« jun   ago »
 12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
2728293031  

del.icio.us

Twitter do bacon